quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Afinal, confere!

A pediatra do T., quando descobri que estava grávida de gémeos, disse-me: " Difícil não é ter gémeos, difícil sim é ter um primeiro filho como o T." Na altura pensei que o tivesse dito para me animar, para não me sentir aterrorizada com o que me esperava e acabei por não validar a afirmação.
Hoje passadas três semanas de os ter na minha vida posso confirmar. Difícil não é ter gémeos, difícil foi mesmo ter tido um primeiro filho como o T. E agora ponho-me a pensar e acho que o T. foi o bebé que foi para nos preparar para o que a vida ainda tinha reservado para nós.  Para podermos dizer que cuidar de dois bebés não é assim tão difícil. Difícil foi passar meses e meses sem dormir e prestes a enlouquecer. Porque o bebé não dormia, porque o bebé não sabia estar acordado sem estar a chorar, porque o bebé não nos deixava sair, porque ficava tudo a olhar para nós com olhos reprovadores como que a dizer-nos que éramos péssimos pais. Porque o bebé não se calava. Acreditem, ele não se calava. E parece que ainda hoje consigo ouvir o choro dele no dia em que de repente ficou sem voz por tanto chorar.

Em três semanas de gémeos dormi mais que em 6 meses de T. Em três semanas de gémeos saí mais à rua que com 3 meses de T. Em três semanas de gémeos sinto que a minha vida não parou como parou quando o T. nasceu. Com 3 semanas de gémeos já passeei descansadamente no centro comercial e consigo almoçar com calma numa esplanada. 

Estou neste momento a descobrir uma nova visão da maternidade. E isto sim, é possível mesmo com um miúdo no auge dos 3 anos. Cada vez que me lembro do que passei com o T. tudo se torna tão fácil... 

7 comentários:

  1. Que bom que está a ser mais fácil! :)

    ResponderEliminar
  2. Que bom que assim é! Que maravilha! Por aqui foi o contrário....o 1.o calmo a dormir a noite toda desde os 4 meses... e o segundo quase a fazer 1 ano e meio e anda acorda para mamar! Não para 1 segundo e faz mais disparates que o seu mano de 3 anos. Desde que o mais novo começou andar que se acabou o sossego por aqui!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por aqui ainda não dormem a noite toda, são muito pequeninos, mas fazem soninhos bons de dia e noite e na maioria das vezes em simultâneo, não sabia mesmo o que isso era. O T. era sonos de uma hora e meia no máximo, um desespero! Agora acho que quando começarem a gatinhar e a andar estou bem tramada :p

      Eliminar
  3. Ainda bem que os gémeos são tranquilos... Porque eu sou mãe de gémeos... e foram os dois como o T!!! Têm 3 anos e as noites sossegadas são a excepção!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai tinha muito medo que fossem como o irmão. Não sei como ia aguentar. As mães de "T's" desta vida mereciam um prémio qualquer :p

      Eliminar
  4. A minha única filha tem sido boa de aturar, claro que há dias complicados mas não a posso considerar uma filha difícil. Dizem que não há dois filhos iguais, um dia se tiver outro, aí sim, se calhar vai-me sair um jeitoso na rifa.
    No teu caso, já tiveste a tua dose no primeiro filho :)

    ResponderEliminar
  5. o meu pequeno era assim, nunca eu pensei que ter um filho desse tanto trabalho...
    só dormia no colo, de resto sempre de goela aberta...
    depois com o tempo tudo passa e lá mandamos vir uma pequena!!!
    muito mais calma!!

    ResponderEliminar