terça-feira, 20 de junho de 2017

As nossas primeiras férias a cinco

Pensar em fazer malas para cinco pessoas tendo em conta que dois são bebés e outro não está muito longe disso, é motivo para ficar cansado mesmo antes de começar. E não vou mentir. É uma logística do caraças. Valeu-me começar a preparar as coisas com uma semana de antecedência, o que contribuiu para que corresse tudo bem e sem grande stress. 

Queríamos passar uma semana a evitar ao máximo pegar no carro, assim como nos telemóveis e no comando da televisão. Queríamos uma semana só nossa, sem grande interferência exterior. Não queríamos praia, apesar de adorarmos. Arrastar três miúdos pelo areal fora mais um monte de tralha e voltar com essa mesma tralha mais três miúdos carregados de areia, não estava no nosso conceito de férias. Também não queríamos perder muito tempo na viagem, até porque a L. é daqueles casos raros que não se dão bem no carro e a última coisa que queríamos era chegar lá em stress absoluto por causa do choro constante. Tendo em conta os critério optámos pela Quinta do Pinhal, e em boa hora o fizemos, foi uma semana de muita paz, sem horários e de bons momentos em família.



A Quinta do Pinhal, situa-se perto da lindíssima vila de Constância e é um local onde se respira paz e tranquilidade. É constituída por oito casas super amorosas. Nós ficámos na casa do Intendente. À chegada tínhamos fruta colhida das árvores e leite fresco.




 



A piscina encontra-se numa área bastante agradável, toda a quinta tem muitos espaços verdes e permite-nos ter contacto com vários animais. É portanto um espaço perfeito para crianças.






Numa semana. O T. apanhou fruta das árvores e deu de comer aos animais. Descobrimos que o M. é o verdadeiro conceito de peixe humano e que a L. é mais do género não-me-molhem-muito. O T. está cada vez mais destemido na água e começou a dar mergulhos e a abrir os olhos debaixo de água. Os três deram festinhas a cavalos, porcos e cabras. Consegui ler um livro. O T. foi picado por uma abelha. Brincaram muito. A cumplicidade dos três aumentou. O T. nunca pediu para ver televisão e fez amigos. Os gémeos dormiram como nunca tinham dormido antes. E senti uma grande diferença a nível de comportamento no T. nestas férias comparando com as passadas - Está tão crescido.






Voltávamos já hoje.

5 comentários:

  1. Férias são a melhor coisa do mundo! E os nossos filhos parece que dão pulos de crescimento cada vez que estão de férias! É realmente fantástico!! Lindas as fotos! Os gémeos estão enormes!!

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha! Sabem tão bem estes dias em família! :) Estão todos tão crescidos.

    ResponderEliminar